MUNDO MELHOR É IGUAL À IGUALDADE

MUNDO MELHOR É IGUAL À IGUALDADE

Tema: O que eu, como um jovem, posso fazer para contribuir para um mundo melhor?

 Bom, posso começar dizendo que para construir um mundo melhor, primeiramente devemos acreditar que isso é possível, por mais que às vezes não pareça ser. É necessário crer que um dia iremos alcançar o tão sonhado mundo ideal para que realmente consigamos isso.

  Eu poderia fazer um texto tratando disso de forma artificial, dizendo apenas cuide do meio ambiente, não jogue lixo nas ruas, economize água, não desperdice alimentos e, é claro que isso é importante, mas todos nós já estamos cansados de ouvir que essa é a solução. Tudo isso faz parte dela, mas não é ela por completo. Obviamente precisamos fazer e tomar esses cuidados, mas seria bom também começar a respeitar e ter mais empatia com o próximo. Um mundo melhor vai muito além de apenas não sujar as ruas.

  Hoje nós jovens possuímos uma ferramenta extraordinária chamada internet, pode ser um benefício incrível quando utilizada da forma correta. Seria muito bom se a usássemos para mudar, de forma positiva, o mundo. Podemos tratar de assuntos como a violência e assédio contra mulheres, racismo, homofobia, inclusão social, entre outros. Na minha opinião, esses problemas já nem deveriam existir, mas acontecem com mais pessoas do que se pode imaginar. Infelizmente não são todos que recebem uma boa educação onde aprendem a respeitar e amar o próximo independente de sua cor, raça, etnia, religião, deficiência ou orientação sexual.

  Finalizo aqui dizendo que se todos nós conseguíssemos contribuir para maior conhecimento e respeito de tais assuntos, não só pela internet, mas também em nossos locais de convívio, com certeza estaríamos ajudando a melhorar o mundo. Tornando a violência, tanto física quanto psicológica, cada vez mais escassa.

Giovana Cardoso Martins

E. E. Professor José Monteiro – 9°C

Campo Belo – MG

Ilustração: Em Construção by Giovana C. Martins

1 comentário sobre “MUNDO MELHOR É IGUAL À IGUALDADE

Deixe um comentário